Escolas Padrão FIFA

Escolas Padrão FIFA

O ensino público precisa de mais qualidade

 

Com o objetivo de buscar sempre o melhor para educação da nossa capital, eis que surge a necessidade de “Escolas Padrão FIFA”. FIFA (Federação Internacional de Futebol), que é quase um sinônimo de bom / melhor, a diferença é que está voltada para o esporte, aqui a intensão é ter o mesmo padrão de qualidade, mas para a nossa educação escolar.

Pensando no futuro, por uma sociedade melhor, devemos deixar nossos olhos voltados para as escolas. Precisamos encarar a realidade, as maiores reclamações das escolas nos dias atuais, é a grande presença de drogas, afetando ainda mais o ensino das nossas crianças. Essa situação é preocupante e tem tomado uma proporção muito grande em todos os níveis escolares.

Podemos ver claramente nas mídias as dificuldades que alunos passam nas escolas, desde a falta de professores até a de alimentos. Escolhas certas nos levam a bons resultados, desde que tenhamos o conhecimento necessário, desde que possamos enxergar o que precisa melhorar, e o que vai melhorar. Devemos lutar por isso em nosso dia a dia.

Voltamos a “bater na mesma tecla”, os professores devem ser mais valorizados em sala, é necessário um aumento no salário. Chegamos à conclusão de que um profissional com uma remuneração satisfatória, trabalha com muito mais garra e determinação para dar o seu melhor a cada ensinamento.

É muito válido a escola trazer a família para dentro dela, como se fosse um laço na educação, juntando os ensinamentos da família com a educação da escola. Várias coisas boas podem surgir nesse projeto. Observamos atualmente que os pais “terceirizam” a educação dos filhos para a escola, enquanto a mesma, apenas tem a opção de ensinar.

Mas podemos reestruturar ambas as partes, com trabalhos sociais onde a família e a escola tenham atividades em conjunto para melhorar, qualificar e incentivar as crianças. Uma grade curricular bem elaborada também pode acrescentar positivamente, sair um pouco desse sistema “engessado” e buscar novidades, matérias como empreendedorismo, educação moral e cívica, grades curriculares que tratem sobre política, para desenvolver o senso crítico.

Mas do que idealizar propostas para nossa educação, é colocá-las em prática de forma que os resultados da qualidade de ensino sejam satisfatórios e notórios, com “Padrão FIFA”, ocasionando uma sociedade mais instruída, possibilitando o desenvolvimento intelectual em nosso país.

 

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 + treze =