Advocacia Preventiva

DEVO INVESTIR NA ADVOCACIA e CONSULTORIA PREVENTIVA?

A vacinação é considerada uma das maiores conquistas da humanidade?

É a responsável por erradicar a varíola e a poliomielite do Brasil.

Outras diversas doenças são controladas pela imunização, como o sarampo e a rubéola, etc…

Segundo dados da OMS, se forem ofertados a uma comunidade água tratada, esgoto e vacinas, reduz-se em cerca de 60 % o adoecimento dessa comunidade.

Creio que, que me lê, já se vacinou contra algumas doenças e toma em seu diaadia cuidados básicos para evitar adoecimento.

Agora, vamos ao ponto em que interessa: a saúde do seu patrimônio.

Assim como cuida bem da sua saúde, também é interessante que cuide da sua saúde patrimonial. Quando digo isso, me refiro aos cuidados que você deve ter na sua vida jurídica, a qual te traz deveres e obrigações, e sempre reagir a qualquer adversidade que apareça ou que lhe ameace, ou aos seus bens e dinheiro, de forma eficaz, rápida e preventiva.

Eis o ponto principal deste informativo, igualmente a vacina, você deve consultar um profissional do direito regularmente, para verificar a situação de risco dos seus negócios, sejam eles quais forem.

No Brasil, na maioria das vezes, o advogado é procurado apenas quando o problema já existe. A Cultura da prevenção ainda é pouco utilizada, porém, você pode mudar isso, e consultar um advogado para antecipar futuros problemas e seus desdobramentos.

Na pratica do dia a dia é constante litígios e situações que ocorrem devido a negócios jurídicos mal feitos, que depois se tornam verdadeiras guerras judiciais.

O Judiciário Brasileiro está “sufocado”, os processos são lentos e a falta de qualidade das decisões também são fatores preocupantes. Nos negócios jurídicos mal feitos, que geram dúvida no magistrado, você pode obter uma Sentença desfavorável, não importa o quanto insista nesta ideia.

Sentença desfavorável, não importa o quanto insista nesta ideia.

Nestes casos entra o advogado que atua de forma preventiva. Estimulando você a resolver os problemas na origem, de forma eficaz, antes que eles fiquem enormes ou até mesmo sem resolução.

A advocacia preventiva funciona em duas formas: análise e operação.

ANÁLISE: A título de exemplo, o advogado irá analisar determinado caso e deverá informar quais pontos podem ser prejudiciais para você, ou pode analisar a documentação de determinado bem que você deseja comprar, informando se há risco na compra.

OPERAÇÃO: O advogado irá elaborar pareceres como ferramentas que evitem que você entre em situações de conflito ou irá determinar a estratégia para que determinadas atitudes sejam tomadas e não possam ser revertidas.

Com essas ações preventivas, os gastos com uma futura ação serão minimizados, bem como o estresse de litigar em um demorado processo.

Para médicos e profissionais da área da saúde, a prevenção de litígios ainda tem um aspecto duplamente lucrativo, pois além de evitar perdas financeiras, o tempo e energia que seriam gastos em uma ação judicial serão gastos em produtividade.

A consultoria e assessoria jurídica não é ferramenta apenas para as grandes corporações, a necessidade já é latente, o pais é burocrático, você deve procurar na assessoria jurídica uma forma de manter-se produtivo e operante no mercado, ainda, para a prevenção de um litígio influencia substancialmente na qualidade de vida, principalmente de um profissional autônomo.

A advocacia e consultoria preventiva é uma tendência que veio para ficar,lembre-se que a saúde do seu patrimônio é tão importante quanto a sua saúde.

(Dr. Bruno M. da Silva Jussiani)

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

onze − oito =